Materiais na construção



O que faz uma casa ser de alto padrão? Será que só colocar acabamentos caros a transforma na casa de alto padrão?


Uma vez participei de uma palestra sobre maquiagem e ouvi um absurdo! O maquiador muito experiente disse que há produtos de beleza que se forem baratos, o brasileiro acredita que não são bons. Pior que ele tem razão! Eu mesma já duvidei quando encontrei algo com preço baixo e mesmo testando e gostando, fiquei na dúvida sobre sua qualidade.

Isso acontece também na construção civil, principalmente quando se trata de acabamentos.

De início, pesquisei incansavelmente todo tipo de pedra cinza, cor que queria para a escada e bancadas das pias da cozinha e lavanderia.

Vi todo tipo de pedra que existe, desde granito cinza absoluto até Corian, quartzo, cinza prime entre outros.

Os preços variam consideravelmente e as explicações sobre suas utilizações mais ainda. Só recentemente ouvi de um profissional que possui uma empresa de pedras, que quanto mais material sintético tiver na composição do material, mais provável que seja riscado com o uso.



E muita gente, mas muita gente mesmo insistiu que eu usasse o granito verde ubatuba, uma obsessão! Deve ser a tendência criada pelos construtores no momento, lembrando que minha casa tem uma cartela de cores definida e não tem preto, muito menos verde.

Mais uma vez lembro da importância de aprender sobre design e que os acabamentos devem ser coerentes em cor, durabilidade e aplicação. Básico né?



Aí descobri que precisa ter pingadeiras nas janelas e as tais soleiras que não queria. Voltei a pesquisar todo tipo de material e por mais que tenha antecipado tudo, tem profissionais que não dizem o que precisaremos nos acabamentos. Vira uma surpresa nem sempre agradável.



As empresas com as quais estava tratando entraram de férias de final de ano e resolvi contatar outra empresa, ainda bem.

Perguntei para o profissional dessa nova empresa o que ele achava em usar ardósia nas soleiras e pingadeiras. Disse a ele que ainda não tinha escolhido essa pedra porque todos me disseram que não deveria usá-la.

As explicações nem sempre foram muito convincentes.

Uns me disseram que uma casa de alto padrão (não que eu esteja preocupada em ter uma casa de alto padrão ou dinheiro para isso) não deveria usar essa pedra, que deveria usar o tal cinza prime e que a diferença de preço não era tão grande. Não? Uma soleira de 1,60 x 0,19 em cinza prime orcei por quase 500,00, sendo que em ardósia no mesmo tamanho foi orçado em 55,00. Sim, pouca diferença, só um digito.


O profissional da nova empresa me disse que essa pedra nos EUA, onde um amigo reside é bem cara. Aqui deve ser uma pedra mais abundante, talvez por isso o preço é menor. Ainda não fiz essa pesquisa, mas pode ser uma explicação.

De qualquer forma é uma pedra cinza, pode ser natural ou polida (essa última escorrega demais) e combina demais com minha casa.


Acho que deveria ter escolhido madeira.


Me senti muito enganada. Minha escada que ao final escolhi cinza prime por orientação da outra empresa, ficou caríssima! Poderia ter economizado muito se fosse em ardósia.

Posso estar enganada e ser até maldosa, mas o que sinto é que a ideia de propor pedras caras tem a ver com o desejo de ganharem mais nas vendas, será que é isso? Ou é de novo preconceito com os materiais abundantes em nosso país?



Por isso, caso esteja lendo meus posts e esteja construindo ou pretende construir, busque informação. Converse com mais de uma empresa, não acredite 100% em quem contratou ou contratará para construir sua casa. Leia meus posts e tire suas conclusões.

Escrevo para desabafar e quem sabe, evitar que outras pessoas passem pelos mesmos problemas que passei.

Sempre pensamos que conosco isso não irá acontecer, mas não é bem assim, infelizmente! Eu também achei que conseguiria administrar a construção da minha casa, mas existe uma força enorme que devemos fazer para conseguirmos finalizar nossa casa pelo menos 70% do que planejamos (ou menos), a não ser que prefira que resolvam tudo por você, o que não é nenhum problema se não se preocupa tanto assim com detalhes, como eu.

16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo