P'ulu | Coleção Etretat (receita)


P’ulu | Baiacu | Bola (*quéchua) | Coleção Etretat

O Baiacú é o segundo animal vertebrado mais venenoso no mundo, só fica atrás da

rã dourada. Quando se sente ameaçado ele infla se enchendo de água para ficar maior e se parece com uma bolinha com espinhos, por isso dei o nome do meu peixinho de P'ulu, bola em quéchua.


Foto de Juanita Theron

Ele pode ser visto nos oceanos e estuários próximos aos trópicos. Mede aproximadamente 50 cm de comprimento e pode viver até 300 metros de profundidade!

Ele é lentinho para nadar por isso vira bolinha para assustar, mas se o inimigo abocanhá-lo, já era! Morte certa e rápida!


Ele tem dentinhos também, dois em cima e dois embaixo para esmagar crustáceos e moluscos.


Ele tem um veneno mais letal que cianeto, mas mesmo assim, é uma iguaria apreciada pelos mais corajosos, e caso coma um pedacinho do corpinho dele com o veneno a morte é por asfixia!

Ele tem uma neurotoxina que diminuirá a mobilidade neuromuscular da vítima e o pior, não afetará o cérebro e a pessoa ficará consciente enquanto o veneno age! Não tem antídoto!

Eu prefiro deixar o baiacú quietinho na aguinha dele!

Vamos de P'ulu inofensivo e fofinho! Receitinha a seguir!

Pulu II Baiacú workshop
.pdf
Download PDF • 255KB



67 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo