Nada se cria, tudo se copia...será?


Feitiço do Tempo

O que mais ouço no meu trabalho artesanal (ou em qualquer outro trabalho) é que...

Nada se cria, tudo se copia...

Se isso fosse uma verdade absoluta, teríamos uma obra criada e tudo que viesse a partir dessa obra, seriam cópias né? Não teria mais ninguém para criar e se tudo se copia, nem seria possível alguém ter a primeira ideia...confuso e entediante.


Mas não é bem assim. Sim, podemos ter ideias o tempo todo, no meu caso, tenho um montão de caderninhos e apps onde guardo minhas ideias e sabe que é bem comum, quando ao fazer algum projeto, que nem olhe para essas anotações?

E sabe porquê? Porque treino diariamente minha mente para produzir ideias!


Conheço um método e nas minhas pesquisas constantes, vejo diversos outros métodos para estimular nossa cabeça a pensar em coisas novas.


Ao retomar meus vídeos no meu canal no Youtube, decidi organizar como sempre fiz em empresas onde trabalhei, só que dessa vez, dedicado ao meu trabalho pessoal.


Para mim a organização com agenda é fundamental, não me dou nada bem com...

"Vai fazendo e vê no que dá",

Isso não funciona e minha cabeça fica bem confusa e desanimo assim como, meus materiais precisam estar em ordem.

Casa bagunçada gera uma cabeça confusa.


Sobre os posts organizados, minha vontade vem de algo como se fosse um jogo de completar os dias de postagens. Em janeiro, anotei todos os dias que pretendia postar e a cada post, vou lá e assinalo o dia correspondente e isso me anima! Pois quero ver logo todos os dias já preenchidos.


Você pode se inspirar na minha ideia ou, descobrir o que te faz ter suas ideias e como (ou não) organizá-las!


O filme Feitiço do Tempo, foi o indutor para gerar conteúdo. Formas, cores e grafismos para despertar em mim, como encontrar um caminho criativo e autoral e pesquisando por datas comemorativas mais criativas, cheguei no Dia da Marmota onde a história é o tema do filme na cidade de Punxsutawney na Pensylvania, EUA.


Onde teve início o Dia da Marmota

Pesquisando o que é esse dia, cheguei no filme que mencionei e lá, busquei por referências. Nessas pesquisas, deixo minha mente me contar sobre qual será o projeto, anoto lugares, histórias, imagens e junto tudo isso e observo tudo para que as ideias surjam.


Viu como foi o caminho para encontrar um animal para meu projeto, com história e elementos que despertassem minha criatividade? Que me desse elementos para desenvolver o projeto?


Podcast sobre o filme


Para mim, claro que é bem fácil pois faço isso faz muito tempo e tenho um cérebro bem treinado! Já fui aluna onde aprendi essa técnica e depois, lecionei por muitos anos também ensinando como ter ideias.


Ver imagens e entender como ter ideias é muito, mas muito mais fácil do que achar que olhar para uma folha em branco, um novelo ou o material que quiser usar e dali surgir algo. Acredite!


Sempre começo meus projetos por pesquisas de imagens, datas, filmes, livros entre outras várias formas de ter referências! Veja minhas aulas sobre o assunto no meu canal no Youtube e textos aqui no blog sobre criatividade.

 

Aproveita que está aqui e vai lá ver meu canal no Youtube e meu Instagram!

Para saber tudo que tenho feito se cadastre aqui no meu blog!

Curta, comente e compartilhe nas suas redes sociais!

Ficarei feliz se me marcar @elacamarena

Tem uma proposta de trabalho ou projeto para mim? Vamos conversar!