Não é apenas fazer uma receita...

Atualizado: Ago 12


A tradição de festas no mês de junho teve origem na Europa e eram para celebrar o sucesso das colheitas.


Quando os portugueses chegaram ao Brasil, essa tradição veio com eles e aos poucos foram se misturando as tradições locais.


Devido a adaptação das festas ao clima brasileiro o milho colhido no nosso inverno, se tornou o ingrediente principal do festejo e os pratos preparados com ele, logo se tornaram os mais populares com receitas criadas por habitantes locais.



Ao estudar a história das festas juninas, busquei por imagens mais relevantes (objetos de desejo) como referências para ter ideia dos projetos que desenvolveria. A base da coleção foi inspirada nas plantações de inverno e a partir dessas referências criei o Juninho Tip, espantalho.



Outros fatores também me levaram a fazer o Juninho como, perfil do meu cliente mais tradicional, como falar de festa junina neste momento e como levar a ideia para dentro de nossas casas.

Pensei na decoração de uma festa em família com uma mesa aconchegante e decorada com itens juninos.



Outro item pensado são as comidinhas tradicionais sem glúten, por isso o quindim, paçoca e bolo de araruta com cobertura de doce de abóbora e coco (ainda em testes, logo posto a receita no meu blog).

A paçoquinha comprei pronta e amassei para virar bolinha e as forminhas, usei duas para que a parte interna ficasse colorida também.



Pensei bastante na cartela de cores e decidi pela combinação de cores complementares que mais adoro que é o laranja e azul, lembrando que o laranja é uma cor utilizada em ambientes como lanchonetes e, porque a festa junina é uma tradição ainda mais forte no Nordeste, pensei no chão onde as danças das quadrilhas acontecem.



Claro que o xadrez está presente para lembrar o caipira, tão importante em nossa cultura.



E pensando em inverno, fiz as forminhas no fio Globe e o trilho em xadrez Vichy (xadrez de toalha de pic nic) com o fio Amiga e fio Diamante, uma tendência que tenho percebido como o uso de fios de acrílico e dá para usar sobrinhas.



Achei que o fio que mais combinaria com os fios de acrílico para os bonequinhos seria o Amigurumi Soft, tanto pela textura como por se aproximar do aspecto quentinho.

Viram que não é fazer apenas uma receita? Existe o público, tema, conceito, perfil do meu cliente, uso de materiais adequados ao projeto e sua reprodutibilidade.

Estou falando de design e eu como designer (formada), penso em tudo isso ao criar cada projeto.

Você pensa dessa forma a cada receita que cria? Mesmo que a receita tenha sido comprada ou use uma das várias receitas disponíveis no site da Círculo ou aqui no meu blog, veja que pode contar uma história criada por você, para criar sua coleção e mostrar sua personalidade em cada projeto.

Isso te diferencia da concorrência e mostra quem você é no momento da venda de cada item.

A receita do Juninho aí em cima, estará aqui no meu blog dia 15 de junho Às 16hoo e também, o link da live que será dia 15 de junho às 16h00 no Instagram da Lã Formosa.


Receita e live aqui!


Quer saber de todas minhas publicações? Cadastre-se aqui no meu blog!

Conheça meu canal no Youtube e Instagram!

Curta e compartilhe com suas amigas e amigos!

201 visualizações0 comentário